Make your own free website on Tripod.com
III Copa do Mundo da FIFA - 1938
Frases sobre a Copa do Mundo de 1938
Home

  • "Minha pátria é o Brasil." (Niginho, atleta brasileiro que recusou a convocação para o exército de Mussolini por sua ascendência italiana).

  • "Ajudar o Scratch é dever de todo brasileiro." (Campanha da CBD, que emitiu 100 mil selos para serem vendidos em benefício da seleção).

  • "Vi o time reserva do Brasil enfrentar os tchecos e não queria encontrar os titulares pela frente." (Aldo Olivieri, goleiro da Itália).

  • "Tenho confiança em que conquistareis a taça. Eu vos envio entusiásticas felicitações." (Alzira Vargas, filha do presidente Getúlio Vargas, em telegrama aos atletas, antes do jogo contra a Itália).

  • "Foi como um presente dos céus saber que Leônidas não jogaria. Verdadeiro artista, malabarista da bola, era o jogador que surpreendia a todos." (Alfredo Foni, zagueiro da seleção italiana, comemora ausência do adversário brasileiro na semifinal da Copa do Mundo).

  • "Eu quero a todo custo evitar o mínimo choque entre os jogadores, porque sou o responsável tanto pelo que produzir a equipe, como pelos incidentes que eventualmente se verificarem." (Ademar Pimenta, técnico do Brasil, sobre o motivo de ter dado moleza em um treino).

  • "O Brasil tinha um ataque extraordinário, mas a defesa parece-me algo fraca." (Frantisek Planicka, goleiro lendário da Tchecoslováquia, analisa o time do Brasil. A seleção brasileira eliminou os europeus após jogo-desempate, nas quartas de final).

  • "Joguei nesta partida porque Niginho não está com a situação regularizada. Porém, fui infeliz, me machuquei e não posso jogar amanhã contra a Itália." (Leônidas da Silva comenta sobre a partida contra a Tchecoslováquia).

  • "O jogo estava parado. Piola vinha na corrida e me atingiu com um pontapé, que eu revidei. Admitiria que o juiz fosse rigoroso. Mas não podia prejudicar o time com o jogo parado." (Domingos da Guia, sobre o polêmico pênalti na semifinal contra a Itália).

  • "A lei do futebol é somente uma. Sejam quais forem as qualidades
    naturais, elas devem ceder às regras e à disciplina. Acrobacias dos brasileiros pouco valem
    contra as seleções do mundo que conhecem todas as exigências do futebol no momento." (Luciano Gamblin, capitão da França, critica a seleção brasileira em artigo publicado pelo jornal "Petit Parisien").

  • "Na minha opinião, o Brasil só deverá jogar, futuramente, na América, pois viajamos 10 mil km só para ter aborrecimentos." (Ademar Pimenta, técnico da seleção brasileira).

  • "Voltem immediatamente!" (Manchete do jornal "Gazeta de Notícias" após a eliminação na Copa).

Volta à página principal